segunda-feira, 20 de maio de 2019

MA: DUQUE BACELAR COMBATE ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS

FOTO: Stúdio Max

A última sexta-feira, 18 de maio, marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, estabelecido por uma lei federal de maio de 2000. De acordo com dados do serviço Disque Direitos Humanos (Disque 100), em 2011 o Maranhão foi o quinto estado brasileiro com maior número de denúncias envolvendo crianças e adolescentes. No total, foram 4.686 casos, que representam 5,7% do total de denúncias em todo o país. Apenas na modalidade de violência sexual, foram 1.551 ligações recebidas dos municípios maranhenses, que denunciavam ocorrências de abuso e exploração sexual. (Fonte: Jornal O Imparcial).

FOTO: Stúdio Max
A Secretaria Municipal da Assistência Social e Segurança Alimentar – SEMASSA de Duque Bacelar mobilizou escolas e comunidade em torno do assunto. A Praça Nossa Senhora de Fátima foi o palco desse importantíssimo debate.  
FOTO: diretoaoassunto
Pais e alunos lotaram o ambiente e acompanharam atentamente as dicas de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes, ao tempo em que foram instruídas sobre como e a quem recorrer mediante esse tipo de ocorrência.

Houve dramatizações sobre o tema, lideradas pelas escolas da educação infantil.

FOTO: diretoaoassunto
Uma das grandes preocupações do governo municipal é para com a educação, saúde e bem-estar das crianças.

sexta-feira, 17 de maio de 2019

O BOM COMBATE

FOTO: Divulgação

Em agosto completarei 56 anos de idade. Cheguei ao município com apenas um ano de nascido. Meu, pai (que Deus o tenha!) nos estabeleceu no Itapirema. A maior parte da minha infância foi ali. Comecei a estudar em 1970, aos sete anos! Minha primeira escola foi o Grupo Escolar Dona Maria Bacelar, onde atualmente funciona a UBS São Judas Tadeu. Minha primeira professora foi Dona Ana, irmã do meu bastante amigo Kennedy Santos.

Em 1974, Coelho Neto era uma cidadezinha acanhada, com, talvez, uns 4.000 habitantes, mas em rota de progresso, recebendo mensalmente centenas de famílias, dimanadas de vários lugares do Brasil, atraídas pela oportunidade de emprego nas fábricas instaladas pela família Bacelar.

Para não parecer uma biografia, vou resumir a história e chegar aonde pretendo: a hipocrisia política.

Iniciei no rádio em 1989, onde apresentava um programa jornalístico em parceria com minha dileta amiga Maria José.

Meus comentários sempre foram imbuídos de uma carga opinativa muito forte, motivo pelo qual fui merecendo destaque nesse meio profissional.

Os que acompanharam aquele momento sabem o quão importante foi o jornalismo independente para o município, justamente quando o País vivia um momento de transição política muito importante.

O globo girou. Devido à interferência direta dos caciques políticos, as emissoras de rádio foram sumindo na mesma velocidade em que surgiam! Políticos hipócritas, desonestos, mal intencionados foram-se revelando. 

Combati a todos, preservando cuidadosamente o respeito, a moral e o lado pessoal.

Logicamente, em todo combate há perdas e ganhos. Perdi e ganhei. Perdi “amigos”, ganhei admiradores; perdi mandato, ganhei experiência; Perdi a tranquilidade, ganhei respeito.

Acompanhei de perto, desde a criação à propagação, os bullyings políticos, tais como: gabiru, pé de galeto, jimmyquinho, ligeirinho, vampiro, solinganey, etc. Os bullyings transformaram-se em adjetivos que essas pessoas vão carregar pelo resto das suas vidas.

Durante toda a minha atuação só conheci um político em Coelho Neto cuja sapiência, honradez e personalidade me trouxeram ensinamento, e me fizeram rever os conceitos que eu tinha sobre si e sobre os demais políticos da sua família: Dr. Carlos Magno Duque Bacelar. Homem que, para a minha alegria, ainda vive e me ensina periodicamente através das suas publicações, a enfrentar as hostilidades, semear a verdade e a  manter-me focado nas coisas essenciais, tipo: família, verdade, respeito e retidão.

Enquanto prefeito nunca perseguiu, nunca se negou ao aperto de mão, ao abraço, ao encontro festivo com as pessoas que o procuravam. Um ser humano do qual tive a honra de ser seu assessor de comunicação na prefeitura.

Hoje, a minha atuação jornalística resume-se neste blog, onde, transversalmente, tenho procurado combater a “politicalha”, o engodo, a manipulação do povo e a inconveniência política.

Minhas publicações têm despertado a ira de muita gente, sobretudo, dos maus políticos, dos oportunistas e dos hipócritas. E não seria por menos: a maioria das minhas publicações atingem projetos políticos desses desalmados, dilapidadores do erário público e, por isto mesmo, fariseus.

Coelho Neto se resume numa paisagem hostil para os pobres, os desafortunados, e num paraíso para esses hipócritas.

Lado a lado com a política hipócrita, no mesmo deleite, está a imprensa hipócrita. Esta me julga de todas as formas, com conjecturas extraídas do seu próprio veneno. O que para ela é uma questão de sobrevivência, para mim é uma questão de civismo!

Nas conjecturas dos hipócritas, eu sou apenas um “blogueirozim”, um cachaceiro ou um comedor de piabas, (risos). O que eles não sabem é que ser tudo isso ainda é melhor do que ter a sorte deles. Pelo menos, eu ainda durmo no meu velho colchão de esponja e ponho a cabeça no meu surrado travesseiro para dormir de consciência tranquila. Já a hipocrisia não pode dizer o mesmo. Até porque, toda manhã, ao acordar, a única certeza que ela vai ter é que, outra vez, ela será a minha pauta do dia.


quinta-feira, 16 de maio de 2019

MA: PRESIDENTE DA CÂMARA DE COELHO NETO CONSTRÓI MORADIA EM ÁREA INSTITUCIONAL

FOTO:Frente da casa construída em área institucional

Em fevereiro de 2008, a empresa Agrimex S/A, do Grupo Industrial João Santos, loteou uma gleba de terra no Bairro Bonsucesso, perímetro urbano do município.

FOTO: Mapa Geral do Loteamento
A empresa cumpriu todos os requisitos legais, inclusive o de disponibilizar áreas institucionais para que a prefeitura pudesse dar continuidade às políticas públicas, tais como: lazer, educação, saúde, etc.

FOTO: Q-25 Área Institucional
Em junho do mesmo ano, a área institucional reservada na Rua “J”, mais precisamente a Quadra 25, equivalente a 9.000 m², foi parcialmente esbulhada de forma clandestina pelo comerciante Roberto Carlos D. Alves, proprietário da ELETROALVES, o que motivou uma ação de reintegração e posse do município contra o referido comerciante, em Junho de 2010, conforme fotos abaixo:





Porém, dada à demora na tramitação do processo, Roberto Carlos vendeu a área esbulhada para outro conhecido comerciante da cidade, cujo nome poderá ser revelado em outra publicação sobre o mesmo episódio.

O inusitado

O blog apurou que o atual presidente da Câmara de Vereadores do município, Marcos Tourinho/PDT, mesmo sabendo que área pertencia ao município, pois ele fazia parte do quadro de assessores jurídicos da prefeitura na época, também utilizou uma parte considerável da mesma Quadra 25, para construir a casa onde mora atualmente.

FOTO; Fundo da construção em terreno institucional
O pior disso é o fato do parlamentar, mesmo sabendo que a área é institucional, construiu e ainda entrou com um pedido de legalização do imóvel, como sendo de sua propriedade, junto à prefeitura!

O pedido de Tourinho está em análise no setor jurídico do município. Fonte concreta informou que a prefeitura vai requerer judicialmente a reintegração deste e dos demais imóveis institucionais espoliados.



quarta-feira, 15 de maio de 2019

MA: DESPESAS DA CÂMARA DE COELHO NETO COM DIÁRIAS ATINGEM 15,2 SALÁRIOS MÍNIMOS SOMENTE EM ABRIL.


Somente o “Quarteto Fantástico” recebeu o equivalente a R$ 12.600,00.

FOTO: Divulgação
Ontem (14), ao abrir meu aplicativo de mensagens, li um print publicado por um amigo em que destaca os valores das diárias concedidas aos vereadores no mês de abril deste ano, mês em que aconteceu a viagem do “Quarteto Fantástico” a Brasília-DF.

Depois que o blog revelou essa vergonhosa “farra” com o dinheiro público, a reação do presidente Marcos Tourinho/PDT foi a de tentar desmentir e ao mesmo tempo desqualificar a matéria.









Porém, conforme revela o print, Tourinho faltou com a verdade ao afirmar que ele e os vereadores Wilson Vaz/AVANTE, Rafael Cruz/MDB e Camila Liz/PROS teriam optado por receber apenas duas das cinco diárias a que teriam direito quando da viagem à capital federal. No entanto, sua excelência, o presidente, aparece recebendo a bagatela de R$ 3.600,00. 

Ora, se três vereadores que compõem o quarteto receberam R$ 2.400,00, por que somente ele recebeu R$ 3.600,00? A sua condição de presidente não o distingue dos demais em se tratando de diárias. Por isso mesmo, essa “estória” está mal explicada. Ou Tourinho terá que devolver R$ 1.200,00 para os cofres da Câmara, ou pagar mais uma diária de R$ 1.200,00 para os três!


Descrédito

Esse episódio tem mexido com os ânimos de populares e acarretado exímia descredibilidade ao astuto presidente, principalmente depois que ele, em plena sessão da Câmara e visivelmente transtornado com as cobranças da população, agiu com descompostura contra o empresário e eleitor do município Lourival Ferreira Tavares, quando este exigia explicações sobre essa impudente concessão de diárias.

Aliás, as intimidações do presidente Tourinho, por conta da sua questionável atuação no comando do legislativo municipal, estão acontecendo em todo e qualquer lugar que ele encontre algum internauta que eventualmente tenha compartilhado publicações contra seus disparates.

Gastos aviltantes

Todavia,o total dos gastos da Câmara com diárias, somente em abril, atinge um valor equivalente a 15,2 salários mínimos, ou seja, R$ 14.500,00. Destes, R$ 12.600,00 foram destinados apenas para o “Quarteto Fantástico”!

Sem exageros e sem dramatização, mas, nas condições em que vivem milhares de famílias no município, essa dinheirama daria para amenizar a situação de sobrevivência de muita gente.

Reação popular

O blog foi informado que pessoas de vários segmentos da sociedade coelhonetense estão criando uma ONG com o objetivo de investigar a fundo a aplicação de recursos federais, estaduais e municipais em Coelho Neto.

Não deixa de ser uma ótima notícia. Esperamos que não demore muito para começar a atuar.

MA: PREFEITURA DE DUQUE BACELAR RETOMA OBRAS DO BALNEÁRIO


O prefeito Jorge Oliveira/PCdoB determinou ao secretário da infraestrutura José Júnior a conclusão da obra em 45 dias.

FOTO:diretoaoassunto
Na manhã de ontem (14), Jorge Oliveira foi pessoalmente ao local autorizar a retomada dos serviços de conclusão da obra. “A construção do balneário sempre foi uma aspiração da população bacelarense, infelizmente esse sonho foi sendo adiado. Mas, agora é pra valer! Pretendemos inaugurá-lo até o dia 28 de junho”, afirmou.

FOTO: Jorge Oliveira determina conclusão do Balneário
Em entrevista ao blog, o secretário José Júnior disse que a obra foi iniciada no governo anterior, mas, segundo ele, as empresas que ganharam a licitação não atuaram com a responsabilidade exigida no contrato, constrangendo o sonho da população. “Essa obra vai ter uma importância muito grande para a nossa cidade. Vai oferecer um local de lazer, espaço para caminhada, área de alimentação, quadra poliesportiva e toda estrutura necessária ao conforto, lazer e entretenimento da nossa comunidade”, afirmou.
FOTO: Sec José Júnior mostra dimensão da obra
Nos próximos 45 dias, a secretaria da infraestrutura vai ter que se desdobrar muito para cumprir a determinação do prefeito Jorge Oliveira. Para que tudo esteja concluído, ainda são necessários os serviços de asfaltamento de duas pistas, conclusão de dois quiosques e construção da quadra poliesportiva.






A partir de hoje (15), as obras começam a ganhar ritmo acelerado.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

MA: MÃES DA ZONA RURAL DE COELHO NETO SÃO HOMENAGEADAS.


O povoado Bananalzinho sediou a maior homenagem às Mães já realizada naquela comunidade.
FOTO: Casa cheia para homenagear as Mães
O evento foi organizado e patrocinado pelo vereador Luiz Ramos/PSD, Grupo Amigos Solidários e pelo prefeito Américo de Sousa/PT.

O sorteio de prêmios contou com a participação de mais de quatrocentas mães da região adjacente.

Luiz Ramos compareceu ladeado da família e dos amigos que o ajudaram na realização do evento.
FOTO: Luiz Ramos e as mulheres do Grupo Amigos Solidários
Logo na abertura, ele surpreendeu a plateia ao entregar, independentemente de sorteio, um brinde para Dona Jovelina, a mãe mais idosa no local.

FOTO: Dona Jovelina (mãe mais idosa na festa)

O sorteio foi comandado pelo próprio vereador. A homenagem ficou marcada no povoado. “Eu nunca tinha visto uma festa tão bonita como essa, aqui no Bananalzinho”, disse Joselina Fernandes da Silva, uma das mães contempladas pelo sorteio.
FOTO: Luiz Ramos Filho entrega presente à mãe sorteada
Ao final, Luiz Ramos renovou o convite para o dia 26 deste mês, quando pretende homenagear da mesma forma as mães da comunidade Lagoa Seca e região. Também as convidou para o dia 25 de Dezembro, dia de Natal, quando vai repetir a distribuição de brinquedos para as crianças.


Ao todo, entre participantes do sorteio e plateia, mais de mil pessoas estiveram no evento. A juventude aproveitou bem a festa dançante que varou a madrugada.

MA: COELHO NETO TEM NOVA SECRETÁRIA DE SAÚDE


A recente exoneração da Secretária Municipal de Saúde, Olímpia Vieira, gerou uma expectativa muito grande sobre como será gerido o sistema a partir de agora.

FOTO/Internet: Olímpia Vieira (exonerada)
Considerada uma profissional elitizada e que adora ser bajulada por seus subalternos, Olímpia escorregou na falta de comando e na discutível gestão dos parcos recursos, sobre os quais ela tinha o poder de movimentá-los.

Embora ela, tendo conhecimento específico para atuar na função de gestora nessa área, não foi isso o que prevaleceu durante a sua tumultuada passagem na secretaria, o que durou pouco mais de um ano.

Durante esse espaço de tempo, Olímpia aceitou passivamente a desobediência de subordinados, a péssima assistência às UBS’s e o desinteresse de alguns, o que acentuou o sofrimento do povo e ocasionou a sua consequente exoneração. Pode até parecer injusta esta afirmativa, mas foi o que aconteceu.

Nova gestora

Assume em lugar de Olímpia a doutora Danyelle Ravane Bastos dos Santos Cassiano. Segundo as informações, o governo municipal a teria nomeado para o cargo devido a sua reconhecida atuação como secretária da Assistência Social, área para a qual ela é graduada. Portanto, ela assume o cargo sem apadrinhamento político, respaldada apenas na sua capacidade e esforço.

FOTO/Internet: Dra. Ravane Bastos (Nomeada para a SEMUS)
Especializada em Gestão Pública, Ravane Bastos, ficou apenas nove meses na Assistência Social, tempo suficiente para apresentar resultados importantes, e onde manteve estreita relação entre usuários e colaboradores.


Aberta ao diálogo, gosta de ouvir as demandas da população para buscar  soluções mais eficientes.

Ao contrário de Olímpia, seu companheiro, o advogado Dr. José Diego, tem atuação discreta, sem vínculos com o município. Diego nunca foi visto no gabinete da Secretaria de Assistência Social despachando conjuntamente.  

Ravane Bastos deixa a Assistência Social organizada, informatizada e sem pendências, para assumir a Saúde. Leva na bagagem os créditos de sensibilidade, gestora honesta e líder indubitável.


Expectativa

Espera-se de Ravane que ela, ao contrário da sua antecessora, possa estabelecer um trabalho integrado, capaz de realmente apresentar melhores resultados para a população.

É na reorganização dos serviços de saúde que ela deve atuar, com práticas que de fato contribuam para a qualidade do atendimento e dos demais serviços atinentes ao setor. 

Que o tempo não mostre o contrário, e que o sistema de saúde do município não continue tão debilitado.