quinta-feira, 11 de julho de 2019

MA: EX-PREFEITO DE COELHO NETO É DENUNCIADO NA JUSTIÇA DO TRABALHO

FOTO: internet


Na opinião de muitos, o ex-prefeito Soliney Silva seria do tipo que só o compra quem não o conhece. 

Para chegar ao poder ele se transforma em “pai da pobreza”, homem de “coração puro”, “salvador da pátria”, “solidário”, “transparente”, “gestor inquestionável”, “amigo de Sarney”, “bom pagador”, “honesto” e “líder invejável!”.

Como patrão seria o oposto de tudo isso: “impiedoso”, “calculista”, “venoso”, “odiento”, “falaz”, “insensível”, “materialista” e “desumano”. Um típico “coronel”.

Na pele

Informações checadas pelo blog dão conta de que  dois ex-funcionários desse “fenômeno” Soliney Silva foram simplesmente demitidos sem que recebessem qualquer verba indenizatória. Um deles, com cinco anos de serviço nas fazendas do ex-prefeito, disse que executava todo tipo de trabalho: operador de máquinas pesadas, motorista de caminhão boiadeiro, tratorista e, às vezes, encarregado de serviços e até gerente. “Recebi pagamento até novembro de 2018, sempre com atraso de até vinte dias. De lá para cá nunca mais vi um centavo”, externou.

O outro funcionário disse que foi demitido sem justa causa depois de trabalhar dezessete anos ininterruptos para Soliney. Ele também era uma espécie de “pau pra toda obra”. Começou como segurança de Soliney até receber do ex-patrão, por telefone, a ordem de demissão. “Eu ainda disse a ele que a gente precisava conversar, mas ele mandou foi eu  procurar meus direitos”, disse bastante constrangido.

Segundo informou, Soliney ainda exigiu que ele desocupasse a casa onde está morando atualmente, no Bairro Bonsucesso, cujo imóvel seria resultado de uma transação suspeita entre o ex-prefeito e o dono da Construtora Perfil, de São Luís. “Ele (Soliney) disse ainda que não tem medo da justiça, que paga advogado é pra isso (...) que prefere dar aos seus advogados do que aos seus funcionários”, completou.

Mão de obra infantil

Ainda conforme as denúncias, somente na fazenda Pimentas Soliney teria aproximadamente trinta funcionários. Destes, pelo menos dois seriam menores de idade. Esse fato atenta para uma consequência grave: a exploração de mão de obra infantil. Os denunciantes afirmam que grande parte desses funcionários não entra na justiça por medo de represálias.

Assédio moral

Eles denunciaram ainda o assédio moral da parte de Soliney para com seus funcionários. Segundo afirmaram, era comum Soliney usar armas de médio e grosso calibre, atirar para intimidar os trabalhadores da fazenda Pimentas. “... e tem mais: o combustível para deslocamento até o trabalho era por nossa conta . A comida só era servida quando ele estava na fazenda. Quando ele viajava, quem quisesse que se virasse”, afirmaram.

Os dois funcionários já formalizaram denúncia na justiça do trabalho e aguardam audiências. "Arriscamos até a vida por ele e o pagamento que ele dá pra gente é esse", finalizaram.


MA: COELHO NETO E A DIFÍCIL TAREFA DA OPOSIÇÃO

FOTO: Blog do Samuel Bastos

O esfacelamento de lideranças políticas do município se deu pelo desgaste natural dos sucessivos mandatos e pela atuante oposição liderada pelo agora prefeito Américo de Sousa/PT.

Ligado no seu projeto político de chegar à prefeitura, mesmo em longo prazo, Américo de Sousa se manteve atento aos acontecimentos e bastante vigilante aos passos dos seus adversários, a ponto colocá-los em seu palanque por sucessivas ocasiões, fazendo-os engolir tudo o que falaram dele nas campanhas eleitorais e, com isto, fazendo valer o que dissera deles nas suas averbações. 

FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução
Com isto, a oposição se resumiu em alguns membros da imprensa e outro tanto de pretensos candidatos ao Legislativo e Executivo.

Agora, os “veteranos” se mantêm longe dos holofotes, alguns impedidos pela Lei da Ficha Limpa, outros visados pela justiça eleitoral e, no meu entender, todos com medo de “mostrar a cara” para não sucumbirem antes do tempo.

Os novatos, sem líderes, se tornaram líderes de si mesmos. 

Enquanto isso, o prefeito Américo vai materializando cada detalhe que possa garantir a sua reeleição. O fato mais recente ficou por conta da ampliação do número de filiações ao Partido dos Trabalhadores, fato que destacou a sigla como a mais organizada no município.

Aliança Oposicionista:

Com o cenário encoberto por incertezas, alguns nomes da oposição falam em aliança, união ou coisa que o valha. Porém, se tem algo que eu não consigo acreditar (só mesmo vendo), é na união entre pessoas politicamente egoístas.

Outro obstáculo da Oposição é que nenhum dos seus líderes mantém uma “conduta de candidato”. Há também os que só são simpáticos apenas no período eleitoral. Eles também somente se importam em ouvir o povo nestes períodos, ao invés de estar sempre dispostos em atender à população ou falar por ela cotidianamente.

A saída

FOTO: Reprodução
Na campanha eleitoral que se avizinha derrotar Américo de Sousa somente será possível se a oposição for capaz de construir um projeto político com um nome confiável perante os políticos, que tenha forte ligação como povo, passado limpo, estrutura financeira necessária, além do apoio de lideranças estaduais e federais. Pelo menos numa coisa a oposição é unânime: Sem união, Américo de Sousa será reeleito indiscutivelmente.


   

quinta-feira, 4 de julho de 2019

MA: OBRA DA CAEMA EM COELHO NETO É PARALISADA POR FALTA DE PAGAMENTO.

FOTO: diretoaoassuntocn (Direitos Reservados)
Conforme a placa de identificação, a construção de um poço tubular na Rua Armando Farjado, entre os prédios onde funcionavam a AABB e o Jaguar Clube é financiada pelo BNDES a um custo superior a R$ 430.000,00. A empresa ZURC – Saneamento e Construções LTDA, de São Luís, é a responsável pela execução do serviço.

FOTO: diretoaoassuntocn (Direitos Reservados)
A obra, segundo as informações, seria para substituir o poço tubular construído ao lado do antigo Mercado Público devido a sua proximidade com as residências daquele setor.

FOTO: diretoaoassuntocn (Direitos Reservados)
O blog esteve no local e constatou a vergonhosa ineficiência da CAEMA - Cia. de Saneamento Ambiental do Maranhão, considerada cabide de empregos dos sucessivos governos e a empresa com o pior desempenho do Estado.

O funcionário da empresa ZURC, que vigia o local, garante que está há quatro meses sem receber pagamento. Receoso de ser identificado, ele afirmou que o dono da firma, certo Leonardo, estaria para São Luís tentando resolver o problema, pois, a empresa não tem dinheiro nem para levar o caminhão e a perfuratriz usada no serviço.

Ele adiantou que o poço já atingiu 112 metros de profundidade, porém, a vazão é considerada muito abaixo do previsto para a substituição do poço do mercado.

Segundo o Blog do Suerle Mourão, a CAEMA tem sido o mote da oposição na Assembleia Legislativa. O deputado César Pires/PV apresentou uma espécie de radiografia da estatal. Em 2018, teve um prejuízo acumulado superior a R$ 1 bilhão e a receita operacional líquida caiu de R$ 514 milhões em 2017 para R$ 417 milhões em 2018, apesar do aumento substancial no valor da tarifa cobrada aos consumidores.  

FOTO: Divulgação (Dep. Est. César Pires: "A CAEMA está quebrada")
Ainda segundo a radiografia apresentada pelo parlamentar, a CAEMA tem um déficit mensal de R$ 20 milhões, pois, fatura R$ 30 milhões e tem despesas de R$ 50 milhões. Dessas despesas, R$ 10 milhões são para pagamento de pessoal. O número de funcionários comissionados subiu de 30 para 110. Com isto, segundo César Pires, a CAEMA está quebrada!

A situação deficitária da CAEMA foi confirmada pelo seu presidente Carlos Rogério Araújo, motivo pelo qual o governador Flávio Dino estaria articulando mudança administrativa na estatal 

Esta é a real situação da estatal que se propõe a assumir o Sistema de Capitação e Distribuição de Água do Rio Parnaíba, em Coelho Neto.



quarta-feira, 3 de julho de 2019

MA: PANORAMA ATUAL INDICA RACHA NA OPOSIÇÃO DE COELHO NETO EM 2020


Até o momento, nenhuma liderança em pré-campanha apresenta condições políticas capazes de unir a Oposição em torno de um projeto que possa combater o grupo liderado pelo atual prefeito Américo de Sousa/PT.  


FOTO: Reprodução

Nestas minhas ponderações, vou ater-me a um breve histórico sobre cada nome que se apresenta como pré-candidato a prefeito dos coelhonetenses. Creio ser desnecessário aventar sobre o atual gestor Américo de Sousa/PT, até porque ele é naturalmente pré-candidato, assegurado pela legislação, que lhe garante esse direito de concorrer à reeleição.

Não pretendo, jamais, motivar desafetos nem exacerbar ódios e ranços. Farei a menção em ordem alfabética, citando os nomes conforme são popularmente conhecidos. Então, vamos lá:

Albino: Policial Civil do Maranhão, transferido de Coelho Neto para Açailândia em 2017. Candidatou-se a deputado estadual pelo PPS em 2014, obtendo 1.557 votos.
Sua pré-campanha é feita basicamente através de grupos de mensagens na internet, onde veicula vídeos e áudios em oposição ao atual prefeito. Até o momento ainda não apresentou nenhuma proposta de mudança capaz de atrair os demais líderes de oposição.

Antonio Pires: É atual vice-prefeito. Rompeu com o seu companheiro de chapa Américo de Sousa no final de 2017, antes que se completasse um ano da atual gestão.
Segundo informações, Pires estaria impedido pela Lei da Ficha Limpa de concorrer ao pleito em 2020.

Conforme ele mesmo informou anteriormente, sua pré-campanha e a campanha em si têm o apoio do governo do Estado, o que parece ser suficiente, pois, também não tem se articulado no sentido da união das forças oposicionistas.

Edvaldo Alves (Val): Ex-vereador de Coelho Neto, eleito em 2008. Foi líder do governo na Câmara, não conseguindo se reeleger em 2012. Tentou novamente, sem sucesso, a eleição proporcional em 2016 pelo partido REDE, obtendo a pífia votação de 262 votos.

Tem no currículo o dedicado apoio ao ex-prefeito Soliney Silva com quem rompeu em 2018 mesmo tendo recebido como contrapartida ajuda pessoal em processo movido por comerciantes locais por ter supostamente liderado um movimento popular em favor da Feira do Brás na cidade, o que resultou na utilização de tornozeleira eletrônica por quase um ano.

O centro da sua pré-campanha tem sido o atual prefeito e o governo municipal. Também não apresentou ainda nenhum plano de adesão. Sua grande dificuldade estaria no fato de ser desafeto e inconfiável no meio político.

Luiz Serra: Destacado empresário do comércio local e terceiro colocado na corrida à prefeitura em 2016.

Mesmo não tendo ainda confirmado sua pré-candidatura, pessoas da sua convivência social afirmam que Serra será candidato a prefeito em 2020. Talvez isto explique o fato de ele ter realizado ultimamente sucessivas reuniões em sua residência.

Durante a campanha de 2016 foi apontado pelos seus adversários como pessoa supostamente patrocinada pelo narcotráfico. Na opinião de alguns aliados, a preocupação de Serra para se justificar dessa acusação o levaram ao fracasso na campanha. Mesmo assim, obteve 8.132 votos, um voto a menos que o segundo colocado. Nessa pré-campanha Serra seria uma incógnita. 

Márcia Bacelar: Governou o município de 1997 a 2004. Tentou retornar em 2008 numa estratégia considerada mal elaborada porque promoveu o racha no grupo, beneficiando indiretamente Soliney Silva que se elegeu com 13.335 votos pelo PSD.

De lá para cá não mais se candidatou a cargo eletivo. Nesses quase 15 anos sem mandato, ela esteve impedida pela Lei da Ficha Limpa e visitando o município ocasionalmente, e mais frequente nas campanhas eleitorais, apoiando candidatos da sua preferência. Ultimamente tem mantido reuniões fechadas em sua residência.

Alguns dos seus adversários afirmam que ela continua impedida de concorrer a cargo eletivo.

Marcos Tourinho: Atual presidente da Câmara de vereadores, mantém sua pré-candidatura encasulada devido a vários fatores. Dentre esses, o medo do rompimento precoce com o governo municipal e a consequente perda de supostos privilégios. Seu posicionamento político é bastante discutido.

Há ainda fatos que corroboraram bastante para o seu desgaste político e que foram amplamente explorados pela imprensa local, quais sejam: Recebimento de salário que ultrapassa os R$ 7.000,00 mesmo tendo renunciado vantagens do cargo de presidente da Câmara, Farra das Diárias que beneficiaram a si e um resumido número de vereadores com valores que chegaram a R$ 1.200,00 cada, além de haver construído uma casa residencial em um terreno institucional.

Aparentemente desistente da ideia de disputar a prefeitura, há quem sustente que Tourinho aguarda o momento certo para efetivar esse seu projeto político.

Soliney Silva: Ex-prefeito de Coelho Neto de 2009 a 2016. A maioria dos seus aliados o acusam de em 2016 ter imposto ao grupo político da situação a candidatura de Jademil Gedeon para prefeito e, depois, ter feito corpo mole para prejudicar o candidato. Soliney é acusado de sequer votar em Jademil, pois, segundo comentou-se muito naquela oportunidade, ele teria justificado o seu título eleitoral em uma seção da cidade Timon, no dia da eleição.

O ex-prefeito também é apontado pela prefeitura como sendo autor de várias manobras, nos últimos dias da sua administração, apenas para prejudicar a gestão atual. É também acusado de haver deixado um rombo milionário nas contas públicas.

Soliney Silva também teve todas as suas prestações de contas rejeitadas pela Câmara Municipal. Por conta disso, ele teve sua candidatura de deputado estadual, em 2018, indeferida pela Justiça Eleitoral, mas, recorreu e concorreu sub judice

Ilson Baiano: Tido como um político audacioso. Mesmo tendo perdido a eleição de vereador em 2016 pelo PPS, decidiu se candidatar a deputado estadual pelo mesmo partido em 2018, obtendo 1.553 votos.

Segundo ele, sua pré-campanha estaria respaldada no sentimento de mudança. Porém, também não apresentou ainda nenhum projeto nesse sentido.

Conforme ele mesmo afirmou ao blog, sua candidatura é irrevogável e tem como base de apoio a sua família.

O que dizem os citados:



                       "Coloquei à disposição meu nome e esperamos a união da oposição contra o atual prefeito". Albino.                  

"Não tenho nenhum impedimento eleitoral. Estarei firme nas urnas". Antonio Pires.

 


"Estou legalmente habilitado para disputar as próximas eleições. Porém, acho que a vez agora é de um nome novo, sem envolvimento na política. Caso Dr. Val Filho, por algum motivo, não queira disputar, eu serei o candidato". Val.







"Sim. Sou pré-candidato a prefeito pelo MDB, e estou apto a disputar porque não tenho nenhuma condenação judicial. (...) Qualquer pessoa só é impedida de disputar se tiver condenação em duas instâncias. Eu não tenho nenhuma, graças a Deus". Soliney Silva. 









"Entendo que a Oposição tem que ter a consciência de que a mudança só é possível com união. E essa união tem que acontecer sem egoísmos. Processos na Justiça contra mim até existem, mas nada que me impeça de disputar a eleição em 2020". Márcia Bacelar. 





Não conseguimos contato com os citados: Luiz Serra, Marcos Tourinho e Ilson Baiano.




segunda-feira, 24 de junho de 2019

MA: SEGUE O RITMO: AUTORIDADES VISITAM OBRAS DO BALNEÁRIO DE D. BACELAR

FOTO: Sec. da Infraestrutura

O secretário da Infraestrutura José Júnior, acompanhado dos vereadores Luis do Gilberto/MDB e José de Deus/PDT estiveram no canteiro de obras do Balneário da cidade, oportunidade em que as pistas paralelas recebiam camada de asfalto.

José Júnior informou aos vereadores que o prefeito Jorge Oliveira/PCdoB, antes mesmo de se licenciar do cargo, exigiu rapidez na conclusão da obra, o que está sendo exigido também pelo prefeito em exercício Carreta Silveira/PDT.

FOTO: Sec. da Infraestrutura
Aos poucos o Balneário vai ganhando aspecto de obra grandiosa para o Turismo da região. Segundo o secretário José Júnior, a obra que já foi motivo de críticas por parte da população devido à demora na sua execução, na gestão atual voltou a ser o sonho dos bacelarenses. “Falta muito pouco para que esse sonho seja, de fato, materializado. O governo do qual eu me orgulho de participar está empenhado nisso e vai realizar”, disse.

Os vereadores se inteiraram de todos os assuntos que envolvem a conclusão da obra e concordaram com a qualidade dos serviços que estão sendo executados.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

MA: OBRAS DO BALNEÁRIO DE DUQUE BACELAR GANHAM RITMO ACELERADO


 O balneário da cidade está em fase de conclusão. A obra, custeada pelo Ministério do Turismo, ganhou ritmo acelerado. A Secretaria da Infraestrutura do município acompanha os trabalhos na pretensão de inaugurar aquele ponto turístico no mais breve espaço de tempo possível.


“A lentidão na execução do serviço, o que não é culpa nossa, foi adiando o sonho bacelarense de ter um dos mais importantes pontos turísticos da região. Mas, na nossa gestão, pudemos envidar esforços para que esse sonho se materialize de fato”.

Isto foi o que afirmou o secretário da pasta José Júnior. Ele acompanha diariamente o avanço dos trabalhos.


Na manhã de ontem (12), o prefeito em exercício Carreta Silveira/PDT esteve vistoriando a obra, oportunidade em que conversou com os responsáveis pelos serviços de conclusão e se inteirou da demanda.


De acordo com o projeto, o entorno do balneário receberá camada asfáltica, exceto nas áreas reservadas para a construção de quadras de futebol society, com gramado, e outra de areia. Além disso, o entorno contará com três pistas paralelas, com 1.200 metros de comprimento, para a prática de caminhadas. O espaço também será arborizado.

Um serviço de drenagem também está sendo executado, no sentido de evitar que as águas das chuvas ocasionem erosão.

quarta-feira, 12 de junho de 2019

MA: PREFEITO DE DUQUE BACELAR CONCEDE ENTREVISTA EXCLUSIVA AO BLOG.


Para o prefeito em exercício Carreta Silveira/PDT, o fato de ele ter sido vereador o aproximou muito dos problemas do município e das pessoas. Como vice, eleito ao lado do prefeito Jorge Oliveira, essa missão de servir ao povo passou a ser um exercício cotidiano.
  


Carreta Silveira afirmou que está aproveitando cada gesto, cada decisão, cada atitude como um aprendizado importantíssimo para a sua carreira política. Para ele, estar na condição de chefe do Poder Executivo é como uma faculdade pra vida.

Segundo ele, tudo tem que ser feito com rapidez e qualidade, do contrário o município não avança.

Carreta Silveira assumiu interinamente a prefeitura, devido ao pedido de licença do titular Jorge Oliveira. 


O encontrei no gabinete, atendendo a população. Mesmo assim, ele arranjou um espaço para uma rápida entrevista ao blog. Confira:

diretoaoassunto – Como você tem encarado esse desafio de administrar Duque Bacelar, mesmo interinamente?
Carreta Silveira – Isto aqui é uma faculdade. Tudo tem que ser feito com planejamento, caso contrário a cidade não anda. Graças a Deus, estou encarando com normalidade. Como vice eu já vinha acompanhando as atividades do prefeito Jorge Oliveira.  Agora, estou apenas dando continuidade ao que ele deixou, para que não haja desarmonia na administração do município.
diretoaoassunto – De que forma a população está encarando essa sua passagem pelo cargo de prefeito?
Carreta Silveira – A população tem correspondido com o apoio necessário à nossa gestão. Tenho visitado comunidades rurais e vejo neles a reciprocidade que precisamos para continuar o trabalho de Jorge Oliveira.
diretoaoassunto – Como está a sua relação com a Câmara?
Carreta Silveira – Na Câmara, temos vereadores dedicados, antenados com os problemas de Duque Bacelar. Na medida do possível, temos atendido às suas indicações e solicitações. São todos muito valorosos e colaboradores da nossa administração. Estamos interagindo para que o município se desenvolva cada vez mais. Somos parceiros.

Após a entrevista ele visitou as obras de conclusão do Balneário da cidade. Depois, seguiu para Coelho Neto, onde prestigiou a inauguração das novas instalações do Ministério Público.

terça-feira, 11 de junho de 2019

MA: NOVO TRECHO DE VICINAL PASSA POR REFORMA EM DUQUE BACELAR

FOTO: Evaldo Filho

A Secretaria da Infraestrutura, sob o comando do secretário José Júnior, continua o serviço de reforma das estradas vicinais do município.

FOTO: Evaldo Filho
Homens e máquinas trabalham agora para concluir o trecho Santana Velha/Salobro/Roça do Meio, bastante danificado devido às fortes chuvas que caíram na região. "Estamos praticamente fazendo uma nova estrada. Aqui havia intervalos parcialmente interditados pelo mato. Durante as chuvas, esse trecho ficou praticamente intrafegável, o que causou muitos transtornos aos usuários dessas comunidades”, disse o secretário.

FOTO: Evaldo Filho


FOTO: Evaldo Filho
Essa mesma estrada passou pela vistoria do prefeito em exercício Carreta Silveira/PDT, merecendo sua aprovação. “O serviço está dentro do padrão exigido pelo governo municipal. Essa reforma vai proporcionar o escoamento da produção e rápida distribuição dos serviços públicos, dentre eles o de saúde e o transporte escolar”, afirmou.

MA: PREFEITO DE DUQUE BACELAR VISITA COMUNIDADES RURAIS

FOTO: Evaldo Filho

Acompanhado do presidente da Câmara Valter Marques e de assessores, o prefeito em exercício Carreta Silveira iniciou uma série de visitas às comunidades rurais do município.

Ontem (10) ele esteve nos povoados Cajueiro, Feitoria e Mocambo da Delinha, onde foi recebido pelos professores e alunos da Escola Municipal Maria Melo Ferreira.

FOTO: Evaldo Filho

FOTO: Evaldo Filho
Ele aproveitou para vistoriar as obras de reconstrução das estradas vicinais iniciadas pelo prefeito licenciado Jorge Oliveira/PCdoB. “Constatei que o prefeito Jorge Oliveira é um patriota empenhado no desenvolvimento do município. Para mim é uma honra ser vice e aliado de um político tão dedicado como ele”, disse.

Carreta está no mandato por trinta dias. Jorge Oliveira se licenciou para resolver assuntos de foro familiar.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

MA: A SUPOSTA INVASÃO À RESIDÊNCIA DE SOLINEY SILVA EM TIMON

FOTO: Blog do João Osório
Comentando o fato: quero discorrer sobre a matéria HOMENS ENCAPUZADOS INVADEM CASA DE SOLINEY SILVA, publicada por este blogueiro na sexta-feira, 7.

Devido à precisão de detalhes fornecidos pela fonte, iniciamos uma série de contatos para checar a informação. Confirmada a ocorrência, publiquei a matéria.

Alguns comentários sugeriam ser mentira a publicação, inclusive, um blog da cidade, na tentativa de pegar carona para ter uns acessos a mais, chegou a insinuar que este blogueiro poderia estar a serviço do ex-prefeito e que tudo não passava de fake news!

Fato é que, enquanto o blog se aprofundava nas investigações o próprio Soliney Silva confirmava o fato ao Blog do João Osório, levando à cola o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia de Timon e fotos da suposta invasão à residência. 

As fotos abaixo foram cedidas gentilmente pelo Blog do João Osório:






Logicamente, a minha publicação gerou desconforto em alguns fanáticos remanescentes do ex-prefeito, mas, para a decepção dos mesmos, o zelo pela verdade prevaleceu!

Agora, se a polícia concluir que não houve invasão e que tudo não passou de uma armação, o blog vai divulgar do mesmo jeito, com a mesma imparcialidade e o mesmo respeito que tem dedicado aos leitores e seguidores.

Credibilidade, Independência e Imparcialidade sempre! 



sexta-feira, 7 de junho de 2019

MA: HOMENS ENCAPUZADOS INVADEM CASA DE SOLINEY SILVA

EXCLUSIVO!

Homens encapuzados e fortemente armados invadem a casa do ex-deputado estadual do Maranhão e ex-prefeito de Coelho Neto Soliney Silva/MDB, em Timon.

FOTO: Reprodução

Segundo as primeiras informações, o fato teria acontecido semana passada. A polícia civil daquela cidade trabalha em sigilo absoluto para que as investigações não sejam prejudicadas.

Os homens teriam chegado no endereço em 6 (seis) carros. Não havia ninguém na casa.

A polícia se utiliza de imagens de câmeras na vizinhança para prosseguir nas investigações.

Maiores detalhes a qualquer momento.


terça-feira, 4 de junho de 2019

MA: ÁREAS INSTITUCIONAIS DE COELHO NETO SERVIRAM ATÉ PARA PAGAMENTO DE DÉBITO DA PREFEITURA



O blog resolveu investigar mais apuradamente a situação e constatou que não foi somente o vereador Marcos Tourinho/PDT que se apropriou indevidamente de área institucional no Bonsucesso.
O comércio e a apropriação indevida de áreas institucionais daquele Loteamento são antigos, datam do final de 2008. Isto só poderia ser legalmente feito depois da “alteração da destinação da área institucional em loteamentos”, aprovada pela Câmara.
Loteamentos - áreas institucionais
Áreas institucionais são aquelas que os loteadores devem reservar no loteamento para a implantação, pelo Poder Público Municipal, de áreas verdes, de lazer, equipamentos públicos de uso comum; enfim, espaços reservados à comunidade. Encontram-se previstas no art. 4º, inc. I, da Lei nº 6.766/79 (Lei de Parcelamento do Solo Urbano), e podem estar afetas tanto a uso especial, ocasião em que se destinam à instalação de repartições públicas, como também ao uso comum do povo poe exemplo, ruas e avenidas (Dr. Márcio André de Oliveira).
Apropriação indébita
A imérita apropriação envolve as quadras 06, 23 e 25 destinadas ao município e devidamente registradas em Cartório pelo Grupo João Santos quando da abertura do loteamento.
Em 2008, parte da Quadra-06 foi surpreendentemente doada para o Rotary Club; a Quadra – 23, segundo a investigação, foi repassada para um empresário do setor de autopeças e mecânica como forma de pagamento de um débito da Prefeitura; a Quadra – 25, como já veiculado pelo blog, foi adquirida pelo empresário Roberto Carlos D. Alves, proprietário da ELETROALVES, segundo o qual teria comprado do Secretário de Obras da época, o que motivou o Pedido de Reintegração e Posse, em 2010, por parte do município, em desfavor do referido empresário. A outra parte da quadra foi apossada pelo vereador Marcos Tourinho, em 2018, o qual, mesmo sabendo da ilegalidade, construiu residência na área.
Não se sabe como, mas certo é que o Rotary Club conseguiu registrar em Cartório e transferir a área na Quadra-06 para um ex-prefeito de Coelho Neto, que depois revendeu para um comerciante local. O cartório não poderia fazer nenhuma transferência de área institucional porque o loteamento não teria sido ainda reconhecido nem alterado pelo município.

Loteamentos II e III


 Paralelo ao loteamento Bonsucesso, mais duas áreas foram cedidas pelo Grupo João Santos, em 2014, para a prefeitura, com a finalidade de construir casas populares, sendo: Loteamento II – construção de 471 unidades residenciais e o Loteamento III – 552 casas. Como a construção dessas casas nunca aconteceu, a população resolveu ocupá-los, aguardando até a presente data a devida regulamentação.


FOTO: Portal Gaditas
Esse fato não pode ser considerado uma invasão de propriedade. De direito, pertence ao povo. Cabe aos entes públicos proceder à legalização dos lotes em nome dos seus ocupantes. E compete exclusivamente à Câmara interferir naquela situação no sentido de legalizar a ocupação e apurar as irregularidades na apropriação de áreas institucionais do Loteamento Bonsucesso. Fato que só se pode acreditar vendo!