quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

MA: CASAL BACELAR E O MONOPÓLIO DA CARNE BOVINA EM COELHO NETO.


O constante aumento no preço da carne em Coelho Neto está diretamente ligado à ganância do casal Antônio & Márcia Bacelar.

Desde que assumiu o monopólio do fornecimento da carne bovina no município que o preço é reajustado quase que diariamente. E, pior: esse reajuste abusivo puxa para cima os preços da carne suína, caprina e do frango.


A cotação de hoje caiu em todo o Brasil. A média está em R$ 16,00, porém, em Coelho Neto os preços estão disparados!



O preço mais caro da arroba do Boi na região Nordeste é no Estado de Alagoas, tabelado em R$ 281,00 o que equivale a 18 reais e 73 centavos o quilo. No Maranhão, em Açailândia, por exemplo, a arroba do boi gordo está sendo vendida a R$ 260,00, ou seja, a 17 reais e 33 centavos o quilo. 


Exatamente neste ponto que Bacelar se aproveita para explorar o povo coelhonetense, já descapitalizado devido a crise econômica local.

Segundo as informações, hoje ele teria determinado o acréscimo de R$ 1,00 no quilo do produto aos machantes. Teria aumentado de R$ 21,00 para R$ 22,00 o quilo. O lucro no bolso do casal Bacelar chega a R$ 5.00 por quilo.

Para o consumidor final, o preço é exorbitante. Até ontem (16) estava fixado a R$ 25,00 o quilo com osso e a R$ 35,00 reais o quilo da carne maciça. Com esse reajuste de hoje, o preço final deve aumentar ainda mais.

Este é o motivo pelo qual a população tem reclamado bastante dos precos da carne bovina na cidade.

Está mais do que comprovado que o casal Bacelar é ávido por dinheiro e não se cansa de explorar o povo coelhonetense.

O prefeito Bruno Silva, que assume a prefeitura em 1° de janeiro, precisa interferir energicamente nessa questão, de modo a impedir que o consumidor continue sendo explorado dessa maneira.

6 comentários: